Ecclesia orans

Periodica de Scientiis Liturgicis




A ideia de sacramento na Primeira Escolástica

José Manuel Garcia Cordeiro

Abstract

The theological testimony presented are limited to three authors of the French school, Ivo of Chartres, Hugo S. Victor and Peter Lombardo. The theologians of the first Scholastic, thanks to the quaestio method, start a project and their theology is innovative in relation to monastic theology, both in its methods (lectio and quaestio), as in the instruments (argument, deduction) and in the contents. This shift represents the beginning of a scientific theology, or theologic science, designating a functional quality next and under the foundation of the Church Fathers. There is a discontinuous continuity regarding to the theology of the Fathers of the Church, because all the attention is focused upon the immediate effect operated on the soul by sacramental sign, losing sight of the context of the salvific economy, in which it was supported the liturgical theology of tradition patristic in the sacramental interpretive horizon as action and event.
Resumo

Os testemunhos teológicos apresentados limitam-se a três autores da escola francesa, Ivo de Chartres, Hugo de S. Victor e Pedro Lombardo. Os teólogos da primeira Escolástica, graças ao método da quaestio, começam um projecto e a sua teologia é inovadora em relação à teologia monástica, tanto nos seus métodos (lectio e quaestio), quanto nos instrumentos (argumentação, dedução) e conteúdos. Esta viragem representa o início de uma teologia ciemtífica, ou ciência teolóica, designando uma qualidade funcional próxima e sob o fundamento dos Padres da Igreja. Existe uma continuidade discontínua em relação à teologia dos Padres da Igreja, porque toda a atenção está concentrada sobre o efeito imediato operado na alma pelo sinal sacramental, perdendo-se de vista o contexto da economia salvífica, na qual se apoiava a teologia litúrgica da tradição patrística no horizonte interpretativo sacramental como acção e acontecimento.